Periodontia

Periodontia

Especialidade odontológica que atua e avalia o estado de saúde dos tecidos que envolvem os dentes, no caso o tecido gengival e tecido ósseo.

Quando este microssistema apresenta problemas, tais como: sangramentos (gengivite), inflamações crônicas, próteses mal adaptadas, o corpo como um todo também sofre alterações e a saúde sistêmica pode ser influenciada.

Sintomas clínicos de problemas periodontais/gengivais:

  • Sangramento gengival
  • Presença de placa bacteriana
  • Presença de tártaro
  • mau hálito
  • gosto ruim na boca
  • Dor na gengiva
  • Dentes “amolecidos” (perda óssea)
  • Infecções (abcessos gengivais)

Fatores importantes correlacionados às doenças periodontais:

  • Predisposição genética
  • Maus hábitos de saúde bucal como má escovação
  • Onicofagia (roer unhas)
  • Fumo
  • Diabetes
  • Idade avançada
  • Diminuição da imunidade, como ocorre em doenças com leucemia, HIV/AIDS,
  • Doenças autoimunes
  • Má nutrição
  • Medicamentos sistêmicos
  • Xerostomia (diminuição da produção de saliva)
  • Alterações hormonais relacionadas à gravidez ou à menopausa
  • Abuso de substâncias, como álcool e drogas
  • Após sessões de quimioterapia, tratamento de alguns tipos de câncer

Um problema periodontal pode elevar os fatores de risco para doenças sistêmicas como doenças cardíacas (endocardite bacteriana entre outras), Alzheimer e diminuição do peso dos fetos e prematuridade.

Tratamento para problemas periodontais:
  • Primeiramente é necessária uma avaliação clínica minuciosa do dentista para avaliar problemas periodontais.
  • É necessária a realização de exames como sondagens, panorâmicas e exames tomográficos
  • O tratamento pode consistir desde a realização de uma raspagem e eliminação de tártaro, como cirurgias mais complexas.

Periodontia e Estética Gengival

A especialidade também é responsável pela plástica gengival, textura, forma e cor, melhorando a função e a aparência estética.

Por meio de técnicas de microcirurgia é possível fazer diversos procedimentos como:

  • Gengivectomia: remove-se uma quantidade de gengiva, aumentando a coroa do dente (deixar o dente mais longo)
  • Gengivoplastia: a mesma indicação anterior, porém no caso é necessário remover tecido ósseo ao redor do dente para poder aumentar a coroa.
  • Enxertia Gengival:
    • Pacientes que apresentam raízes expostas devido à desgastes / traumatismos oclusais.
    • Remove-se o tecido do palato (céu da boca) para fazer o recobrimento de raízes expostas.