Harmonização Orofacial

Harmonização Orofacial


A Odontologia é responsável por devolver ao paciente função e estética através de procedimentos dentários. Quando se trata de uma reabilitação oral, tratamento ortodôntico ou estético, os dentes ficam alinhados, mas outras partes da face como bochechas, olhos, lábios, queixo, podem estar em desarmonia.

O cirurgião-dentista está capacitado e habilitado a realizar procedimentos com fins estéticos e terapêuticos na face, com o intuito de harmonizar o rosto do paciente como um todo, devolvendo suas devidas proporções.

Com o envelhecimento do rosto, ocorre a perda progressiva da capacidade de manter a produção de elastina, colágeno e produção de ATP mitocondrial. Com isso, o rosto perde sustentação e a pessoa adquire um aspecto mais envelhecido.

As principais substâncias utilizadas nos
tratamentos de Harmonização Orofacial são:

  1. Toxina botulínica (botox)
  2. Preenchedores à base de ácido hialurônico
  3. Preenchedores biológicos (iPRF/PRP ozonizado)
  4. Ácido Deoxicólico lipo de papada)
  5. Ozonioterapia (gás) com finalidade estética

Toxina Botulínica (Botox)


A toxina botulínica (Botox) é produzida pela bactéria Clostridium Botulinum e provoca o relaxamento muscular e neuromuscular, fazendo com que ocorra uma diminuição da ação muscular.

Após sua aplicação, o músculo apresenta um relaxamento temporário, diminuindo a sua força de contração. Após sua aplicação, a substância começa a surtir efeito após aproximadamente 3 dias e seu efeito final deve ser observado no período de no mínimo 15 dias.

Após sua aplicação, o músculo apresenta um relaxamento temporário, diminuindo a sua força de contração. Após sua aplicação, a substância começa a surtir efeito após aproximadamente 3 dias e seu efeito final deve ser observado no período de no mínimo 15 dias.

A toxina também é utilizada na odontologia com fins terapêuticos para pacientes que apresentam DTM e dor orofacial (disfunção temporomandibular).

Preenchedores à base de ácido hialurônico


Os preenchedores faciais são uma ótima opção para restaurar o volume facial perdido e suavizar linhas superficiais e profundas. Os mais utilizados atualmente são à base de ácido hialurônico, que são biocompatíveis, pois o ácido hialurônico é uma substância produzida pelo próprio organismo do paciente.

O preenchedor consiste em uma versão sintética da substância que é absorvível no decorrer do tempo. Com o envelhecimento, o ácido se degrada e o corpo diminui sua capacidade de reposição, resultando na perda de volume e aparecimento de rugas estáticas.


O efeito do preenchedor facial é imediato e tem uma duração de aproximadamente 6 meses a 1 ano (O mesmo vai sendo reabsorvido pelo organismo ao longo do tempo)

Após aplicação, pode ocorrer inchaço e vermelhidão leve, mas estes efeitos são desejáveis e desaparecem em questão de 2 a 3 dias. Atualmente o procedimento é feito sob anestesia local, portanto praticamente indolor.

Podem ser aplicados em diversas regiões:

Fins Estéticos:

  • Região do bigode-chinês (sulco naso-labial)
  • Olheiras
  • Região de malar (maçã do rosto)
  • Linhas de marionete
  • Região de lábio – Preenchimento labial - volumização labial).
  • Região de cicatrizes

Preenchedores Biológicos


Através de técnicas inovadoras, eminentemente biológicas, é possível produzir um preenchedor mais biológico, utilizando o sangue do próprio paciente. As células do próprio sangue tem a capacidade de induzir a otimizar processos fisiológicos como por exemplo, ativação e estimulação de fibroblastos, os quais são responsáveis pela produção de colágeno e elastina, promovendo um rejuvenescimento facial.

  • Os preenchedores em questão são:
  • PRP (plasma rico em plaquetas)
  • iPRF (Plasma rico em fibrina)

Estes materiais são obtidos através da coleta de sangue do paciente, é então centrifugado e potencializado através de irradiação por laser e /ou oxigenado com ozônio, para ser injetado na região da face. Como resultado, há uma ativação maior de toda a derme e epiderme, pois induz uma re-vascularização (melhorando o aporte de nutrientes e oxigenação), sem danos, minimizando rugas de expressão e flacidez da pele, trazendo um “ look” bem natural .


Atualmente o procedimento é feito sob anestesia local, portanto praticamente indolor.

Lipo Enzimática de Papada


A lipo enzimática da papada é um tratamento que permite a redução de medidas da região submentoniana e submandibular (embaixo do queixo) através da aplicação de enzimas para lize (quebra) da gordura localizada na região.

Pode ser aplicado em:

  • A aplicação da enzima é subcutânea, em pequenos volumes, feita em pontos estratégicos distribuídos por toda a gordura localizada.
  • Técnica minimamente invasiva, podendo o paciente voltar as suas atividades normais no mesmo dia
  • Após aplicação é esperado um inchaço no local, podendo apresentar vermelhidão. O inchaço e o processo inflamatório local são necessários para que esta gordura seja eliminada.
  • Deve- se aguardar um período mínimo de 30 dias para efeito completo da enzima.
  • O número de sessões deve ser avaliado pelo cirurgião dentista, de acordo com a quantidade de gordura presente (2 a 5 sessões)

Vantagens:

  • melhora do contorno mandibular
  • melhora da estética
  • rejuvenescimento facial.

Ozonioterapia


A Ozonioterapia utiliza o ozônio (O3), que é uma molécula produzida pela natureza, e pelas células de defesa do organismo. O ozônio é produzido através de um gerador, onde se utiliza o oxigênio medicinal, se obtendo uma mistura de oxigênio 99,5% e ozônio 0,5% que pode ser utilizado em várias concentrações de acordo com as patologias.

Ação:

  • Destrói por completo os microorganismos: (rompe a parede celular):
  • ação virucida / virustática
  • ação bactericida
  • •ação fungicida.
  • Modulação do sistema imunológico
  • melhorando a imunidade do paciente
  • modula inflamação (anti-inflamatório)

VANTAGENS

  • Biocompatibilidade – como o corpo produz, não existe rejeição.
  • ação virucida / virustática
  • Desde que seja utilizado da maneira adequada e na via correta, ele é isento de toxicidade.

Vias/formas de aplicação: