Pediatria

Pediatria Integrativa

A especialidade médica mais integrativa é, sem sombra de dúvidas, a PEDIATRIA.

O pediatra é o médico que se dedica à assistência da criança e do adolescente nos seus mais diversos aspectos, como prevenção em saúde, orientações gerais e tratamento de doenças. Nas consultas de rotina, nós pediatras conversamos sobre alimentação, prevenção em saúde e de acidentes, crescimento e desenvolvimento saudável, tratamento das infecções e sinais de alerta para doença grave, suplementações vitamínicas, alimentação, imunização.

Mas vamos mais além. Nos importamos com o contexto social em que a criança foi concebida e como a família vive, o tempo que a família tem disponível para brincadeiras, o tempo de uso de telas e eletrônicos, a hora em que a criança acorda e os hábitos de sono, a quantidade de água que bebe, a qualidade do alimento que ingere e os intervalos entre as refeições, o tipo da pomada, sabonete e do lencinho que usa, material da mamadeira e muito, muito mais!

O pediatra tem em suas mãos a grande responsabilidade e o enorme privilégio de poder caminhar ao lado de uma criança. O vínculo de confiança e amizade estabelecido entre o pediatra, a criança e a família é a chave para um bom seguimento do processo de saúde e doença. O suporte ao indivíduo em desenvolvimento, valorizando suas diferenças, habilidades pessoais, o seu tempo, suas crenças e cultura, ajuda a construir um futuro melhor para os nossos pequenos.

A Pediatria na LEBEN KLINIK

por Dra Martina Cattaccini Ritter:

As crianças têm apresentado doenças crônicas cada vez mais complexas e de forma mais precoce. Obesidade, alteração de colesterol e diabetes, distúrbios gastrointestinais, alergias, infecções de repetição, doenças auto imunes, distúrbios comportamentais dentre outros. Acontece que, muito antes da doença existir, diversos sinais e sintomas já podem ser encontrados nas consultas de rotina. Corrigir estes erros antes que eles promovam ou facilitem o desenvolvimento de doenças é o meu maior objetivo com a PEDIATRA INTEGRATIVA.

Precisamos olhar a criança como um todo e tentar compreender os reais motivos que levam aos sintomas. O nosso organismo parece não estar se adaptando ao mundo de hoje, especialmente devido à:

  • Alimentação inadequada (excesso de açúcares, alimentos industrializados e não nutritivos)
  • Falta de exposição solar e contato com a natureza
  • Excesso de uso dos aparelhos eletrônicos
  • Falta de tempo para interação de qualidade com os pais
  • Excesso de medicamentos (uso indiscriminado de antibióticos, corticoides, anti inflamatórios e remédios para refluxo)
  • Intoxicações ambientais
  • Falta de atividade física e contato com a natureza
  • Problemas emocionais e dificuldade de socialização

Com consultas mais longas e mais acolhimento aos pacientes e familiares é possível orientar os detalhes a serem ajustados.

É importante mudar o foco da relação saúde x doença. Não se deve procurar o pediatra somente quando a criança está doente. E o pediatra não deve checar o peso, o crescimento e desenvolvimento para dizer apenas “está tudo bem”. Há muitos outros pontos que sempre podem ser melhorados e que vão garantir um futuro melhor e mais saudável para as crianças.

Prevenção em sua essência

O homem carrega no seu código genético informações de doenças que podem ou não ser expressas. O gene pode ficar ali, quietinho, sem se manifestar ao longo de toda a sua vida. Comer bem, dormir bem, praticar atividades físicas, lúdicas e contemplativas, possuir hobbies, ter um bom centro de convívio social são fatores que impactam no nosso bem-estar e, consequentemente, na resposta do corpo às doenças já estabelecidas e àquelas que estão programadas para acontecer.

As nossas crianças estão vulneráveis e são expostas diariamente à diversas toxinas ambientais provenientes da água que bebem, do lanche que levam para a escola, dos agrotóxicos dos alimentos, dos produtos químicos presentes em comidas, brinquedos, potinhos de comida, cremes e cosméticos.

Cuide da saúde do seu filho com muito mais carinho com opções naturais como homeopáticos, fitoterápicos e vitaminas, deixando os medicamentos alopáticos apenas quando essencial. Vamos, juntos, auxiliar os pequenos a se tornarem grandes indivíduos repletos de saúde. Uma abordagem mais humana, integrativa e preventiva em sua essência.