Osteopatia

Osteopatia

A osteopatia é um método de avaliação e tratamento que busca restabelecer a função da estrutura integrando todos os sistemas do corpo, ou seja, olha o paciente como um todo. Você já imaginou que a sua dor lombar pode ter como causa outro local do corpo? Como, por exemplo, sua pisada, sua cicatriz, ou até mesmo seu intestino?⠀

Osteopatia é um sistema autônomo de cuidados de saúde primário, que se baseia no diagnóstico diferencial, bem como no tratamento de várias disfunções e prevenção da saúde, sem o auxílio de fármacos ou cirurgia. A Osteopatia enfatiza a sua ação centrada no paciente, ao invés do sistema convencional centrado na doença. A profissão de Osteopata é uma profissão de saúde distinta, com uma formação acadêmica superior e treinos clínicos específicos. O osteopata possui formação prévia em fisioterapia ou medicina.⠀

A Osteopatia foi criada pelo médico americano Andrew Taylor Still durante a guerra civil americana no final do séc. XIX. Foi através da observação e investigação que fez uma correlação entre as patologias e a suas manifestações físicas.

A Osteopatia utiliza várias técnicas terapêuticas manuais entre elas a da manipulação do sistema musculoesquelético (ossos, músculos e, articulações) para ajudar no tratamento de doenças. Com esta técnicas manuais, o profissional osteopata trata os locais que não estão funcionando como deveriam.

A Osteopatia é considerada uma das disciplinas da medicina “alternativa”, ou terapêutica não convencional, uma vez que seus princípios filosóficos são diferentes dos da medicina convencional. Os tratamentos usam uma abordagem holística da saúde, considerando que a capacidade de recuperação do corpo pode ser aumentada pela estimulação das articulações. Na prática, a osteopatia é mais um tratamento integrativo e preventivo muito interessante na abordagem sistêmica do paciente.