Endodontia com Microscopia

Endodontia com Microscopia

Endodontia é a especialidade da odontologia responsável pelo tratamento ou retratamento de canal.

O tratamento endodôntico consiste na remoção da polpa (nervos e vasos sanguíneos presentes dentro do dente). São utilizados equipamentos modernos como motores e microscopia eletrônica (equipamento para otimizar a visão) para a realização do tratamento.

É necessário tratar o canal por diversos motivos:

  • Inflamação da polpa – pulpite (devido à algum trauma dental, cáries extensas que já estão muito próximas do “canal)
  • Infecção da polpa – (necrose pulpar) a infecção ocorre devido à necrose da polpa, ou seja, o tecido no interior do dente morre e consequentemente se inicia um processo de proliferação bacteriana, podendo gerar os abscessos, presença de pus, etc. Também pode ocorrer devido a traumas dentários, cáries extensas, entre outros.
  • Necessidade de reabilitação protética: em algumas situações, tratamentos endodônticos são realizados devido ao alto grau de desgaste dos dentes. Nesses casos tratamos preventivamente o canal, evitando possíveis problemas futuros, como sensibilidade.
  • Alguns sintomas frequentes de problemas endodônticos que podemos listar.

Alguns sintomas frequentes de
problemas endodônticos que podemos listar:

  1. Sensibilidade ao frio/quente
  2. Dor à palpação
  3. Dor à percussão (exemplo: apertar os dentes)
  4. Dor latejante/ dor pulsátil
  5. Dor ao ingerir alimentos doces
  6. Presença de “bolinha na gengiva” (fístula – drenagem de pus)
  7. Presença de dente escurecido sem causa aparente

Obs: todos estes sintomas devem ser avaliados pelo cirurgião dentista, juntamente com um exame clínico, radiográfico e tomográfico para fechamento de diagnóstico preciso, para realmente avaliar a necessidade ou não de tratamento e ou retratamento endodôntico.

Visão biológica da endodontia:

Dentro da Odontologia Biológica, a endodontia é a área de maior importância e que o cirurgião-dentista deve ficar muito atento, pois os dentes com canais já tratados/ a serem tratados, podem ser considerados possíveis focos de infecção (agudos ou crônicos) e os mesmos podem de gerar, perpetuar e acentuar grande parte das doenças.

Terapias de desinfecção de excelência no tratamento endodôntico:

  1. Ozonioterapia
  2. A ozonioterapia entra como ferramenta fundamental nos tratamentos e retratamentos endodônticos, potencializados pela utilização de aparelhos ultrassônicos, melhorando a assepsia e desinfecção dos canais radiculares.

  3. Biomateriais:
  4. A endodontia moderna utiliza biomateriais, como cimentos à base de partículas de zircônia, dentro dos canais radiculares, que possuem propriedades interessantes:

    BIOativas (estimulam a regeneração de tecidos alterados/contaminados promovendo a regeneração óssea local.

    BIOcompatibilidade (baixa possibilidade de rejeição pelo organismo)